Fale conosco

Precisa de um Orçamento?

Entre em contato e venha fazer uma parceria de sucesso.

Publicado em 05 de dezembro de 2023
Jornal Contábil

NEGÓCIOS - Veja 10 ações para cultivar um ambiente de confiança no trabalho

A confiança é a base de todos os relacionamentos. Por isso, culturas e líderes que, ao invés de cultivarem a confiança, estabelecem mecanismos de controle em nome da produtividade não irão gerar engajamento e valor para os stakeholders a longo prazo.

Segundo uma pesquisa realizada nos EUA pela empresa Visier, 83% dos funcionários admitem fingir trabalhar parte do dia para se mostrarem ocupados.

O estudo apontou, por exemplo, que trabalhadores de empresas que utilizam ferramentas de fiscalização das suas atividades são cinco vezes mais propensos a fingir que trabalham do que funcionários em companhias que não as aplicam.

Outros estudos da Great Place to Work, empresa global que avalia a cultura organizacional e o ambiente de trabalho em todo o mundo, também comprovam que as empresas que cultivam a confiança têm maior retenção de talentos, maior satisfação dos funcionários e maior produtividade.

O escritor Stephen Covey, mundialmente conhecido pelo livro “Os 7 hábitos de pessoas altamente eficazes” e outras obras referências em eficácia e liderança, enfatiza que sem a confiança as relações são frágeis e propensas a conflitos.

A importância do líder acreditar nas pessoas

Segundo Juliana de Souza, especialista em formar times de alta desempenho, a base da confiança para o líder é acreditar no potencial humano, começando com acreditar no próprio potencial e isso se conquista com autoconhecimento e desenvolvimento atrelado a propósito.

“Líderes que acreditam que desenvolver pessoas é investir em fonte abundante de criatividade, inovação e oportunidade para todos geram ambientes nos quais os problemas se repetem pouco porque as pessoas estão verdadeiramente engajadas”, ressalta Juliana, trainer da Interhunter Academy, consultoria de educação corporativa.

A confiança permite ainda que as empresas evitem excesso de burocracia e controle. “Quando os líderes confiam em suas equipes, eles se comunicam de forma transparente e podem delegar responsabilidades claramente”, acrescenta Thais Gonzales, especialista em comunicação assertiva e trainer da Interhunter Academy.

 Confira 10 ações para cultivar um ambiente de confiança:

 1-  Comunicação transparente: estabeleça uma cultura de comunicação aberta e honesta. Compartilhe informações relevantes sobre as estratégias, desafios e conquistas;

 2-  Feedback de aprendizagem: crie um ambiente onde os funcionários se sintam seguros para fazer perguntas, expressar as suas preocupações e, principalmente, possam aprender com seus acertos e erros;

 3-  Empatia: desenvolva nos líderes e nas equipes a escuta ativa e a conexão com sentimentos e necessidades. A empatia é uma habilidade que precisa ser abordada constantemente, assim como a vulnerabilidade;

 4-  Honestidade: seja consistente nas promessas feitas. Quando os líderes mantêm a sua palavra, ganham respeito e confiança; 

5-  Desenvolvimento: invista nas pessoas. Ao oferecer treinamentos e oportunidades de crescimento, mostrará compromisso em ajudá-las a alcançar seu potencial máximo;

 6-  Trabalho em equipe: incentive a colaboração e o apoio mútuo;

 7-  Valores: uma cultura de valores sólidos ajuda a guiar as ações de todos, reforçando a confiança em torno de uma visão compartilhada. Organize dinâmicas e diálogos para abordar os valores;

 8-  Reconhecimento: celebre as conquistas individuais e em equipe, reconheça os esforços. Essa atitude positiva cria um senso de motivação para continuar a se dedicar;

 9-  Erros: aceitar e corrigir os erros rapidamente é melhor do que coibir qualquer erro;

10- Respeito: garanta que todos sejam tratados com respeito.

Compartilhe nas redes sociais
Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias